segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Tempo que não há tempo...


E quando eu estiver nua do tempo
E dos meus compromissos alheios,
Da hora marcada para levantar,
Dormir, jantar e tomar café;
O dia que eu não me preocupar
Com a casa desarrumada,
Perder uma hora no aeroporto,
Sair sem pressa de voltar;
Eu sei que será tarde,
Tarde demais para o amor chegar.


O tempo todo eu controlei o tempo,
E acabei por fazer o amor se atrasar.

O tempo não para... não para. 


"Hoje o tempo voa, amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
Não há tempo que volte, amor
Vamos viver tudo o que há pra viver
Vamos nos permitir"  
Lulu Santos

Um comentário:

  1. Thats a lovely post Johanna...... very well done.

    Hugs, Joop

    ResponderExcluir

Tente, invente... comente e me deixe contente.... hahahaha.. Obrigada, volte sempre.... Beijos